Coluna Trivela – mais uma camisa que não irá vender – marketing esportivo

Texto publicado em: http://trivela.uol.com.br/coluna/coluna/marketing/mais-uma-camisa-que-nao-ira-vender

Mais uma camisa que não irá vender

O Grêmio anunciou o lançamento de um quarto uniforme, a ser escolhido pelos próprios torcedores nas redes sociais. A promoção é voltada para o dia das crianças e também um incentivo para que os pequenos gremistas participem da decisão.

Poderíamos aqui elogiar a participação do Grêmio nas redes sociais. Porém, essa promoção evidencia qual é a postura predominante do departamento de marketing dos clubes nacionais: lançamento de produtos. O licenciamento é parte da estratégia, desde que os hábitos do torcedor-consumidor sejam minimamente compreendidos.

Essa prática já foi abordada aqui na coluna. Ao contratar um jogador, o departamento justifica o retorno financeiro através do “marketing” (assim mesmo, entre aspas), lança pilhas e pilhas de novos produtos, e pior, com preços acima da média para os padrões nacionais.

Repetindo, o erro não é apresentar novos itens. O erro é não entender o que o torcedor quer, e nem quanto ele pode pagar.
Produtos mais baratos?

Rápida pesquisa em sites de algumas das lojas oficiais. O São Paulo até possui camisetas especiais de Luís Fabiano por um interessante preço de R$59,90. Mas no mesmo site é possível encontrar uma camisa polo de R$129,90 e um boné por nada modestos R$79,90(!).

No site do Flamengo, as camisetas seguem com o (elevado) preço padrão. Poucos acessórios além de uniformes são disponibilizados. Ah, uma curiosidade: também é possível comprar produtos que nada tem a ver com o clube, como ar condicionado, piscina e televisor. Não me pergunte o motivo.

Pesquisas não faltam. Os dados fornecidos pelo Ibope poderiam ser interpretados para identificar oportunidades ou evitar o que parece saturado. Cabe aos clubes proporcionar um número maior de itens por um preço mais cômodo. Negociar a viabilização com os fornecedores também é marketing (agora sem aspas) e atingiria em cheio aqueles torcedores que querem participar, mas não tem condição financeira para tal.

O Grêmio não é o primeiro e provavelmente não será o último clube a cometer esse erro. Até lá, cabe ao consumidor parcelar em 10 vezes.

Ou não comprar.

Siga também no Twitter: http://twitter.com/juniorlourenco

Curta a página no Facebook: https://www.facebook.com/#!/juniorlourenco.page

Advertisements

About Junior Lourenço
25 anos, jornalista e publicitário. Editor do blog É Pênalti e do 30jardas – a comunidade do polo brasileiro (http://www.30jardas.com.br). Colunista de Marketing Esportivo do site Trivela.com- (http://trivela.uol.com.br/especial/marketing/) Siga também no twitter – http://www.twitter.com/juniorlourenco

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s