O verdadeiro número um

Novak Djokovic é o verdadeiro número um.

E isso não é menosprezar os feitos assombrosos de Rafael Nadal nos últimos anos – especialmente em 2009 -, ou desconsiderar Roger Federer, nome frequente nas discussões sobre quem é o melhor tenista da história.

Djokovic simplesmente é o melhor do ano até aqui. Não fosse sua única derrota nas semifinais de Roland Garros, estaríamos cogitando se um mesmo tenista ganharia os quatro Grand Slams do ano. Mais: derrotou Rafael Nadal em finais de Masters no saibro.

O tênis impressionante de Novak Djokovic não precisou aparecer em Wimbledon até a final. Boas vitórias, claro. Mas a precoce derrota de Federer deixou para a decisão seu real teste.

Campeão de Wimbledon e verdadeiro número um do mundo. E enquanto o sérvio comemora, imagino que Roger e Rafa já pensam em maneiras para derrotá-lo. Que venha o US Open!

Nole e o troféu de Wimbledon

Continue a conversa no twitter: http://twitter.com/juniorlourenco

Advertisements

About Junior Lourenço
25 anos, jornalista e publicitário. Editor do blog É Pênalti e do 30jardas – a comunidade do polo brasileiro (http://www.30jardas.com.br). Colunista de Marketing Esportivo do site Trivela.com- (http://trivela.uol.com.br/especial/marketing/) Siga também no twitter – http://www.twitter.com/juniorlourenco

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s