Liga dos Campeões: terceira rodada

Em toda edição da Liga dos Campeões sempre há os times que passam para a segunda fase com extrema tranquilidade. Nesta temporada, não é diferente. Três rodadas já foram realizadas e cinco equipes estão com aproveitamento máximo. Veja quais clubes estão passeando pelos gramados europeus.

Lyon – Grupo B

Mesmo ocupando decepcionante posição no Campeonato Francês – oito pontos a menos que o líder Rennes – o Lyon venceu seus três jogos no grupo. Com exceção ao Hapoel Tel-Aviv que chegou à Liga sem maiores ambições, os duelos com Schalke 04 e Benfica eram até então imprevisíveis. Duas vitórias jogando em casa deixaram o Lyon muito perto das oitavas de final.

Bayern de Munique – Grupo E

O sorteio foi benéfico ao Bayern. Cluj e Basel não apresentam ameaça e a Roma faz uma temporada pífia até aqui. Triunfos tranquilos vão permitir ao time bávaro focar suas atenções ao Campeonato Alemão nesse final de semestre.

Chelsea – Grupo F

Nadando de braçada. O atual líder do campeonato mais forte do mundo – o inglês – também vai bem na Europa. O fortíssimo elenco do Chelsea pode até mesclar seu elenco para passar por Olympique, Spartak Moscou e Zilina, rivais na chave.

Real Madrid – Grupo G

Em um grupo cheio de tradição – e só tradição, pois Milan e Ajax não correspondem tecnicamente – era natural que o Real Madrid liderasse. Ainda terá que ir à Milão e Amsterdam no returno, mas dificilmente perde a primeira colocação. José Mourinho já pode ir pensando nas oitavas de final, fase onde o Real Madrid parou nos últimos seis anos.

Arsenal – Grupo H

Por mais uma edição, a primeira fase do Arsenal é das mais tranquilas. Com goleadas o clube londrino atropelou Braga e Shakthar Donetsk e ainda venceu o Partizan, fora de casa.

Resultados

Grupo A

Internazionale(ITA) 4×3 Tottenham(ING)
Twente(HOL) 1×1 Werder Bremen(ALE)

Grupo B

Schalke 04(ALE) 3×1 Hapoel Tel-Aviv(ISR)
Lyon(FRA) 2×0 Benfica(POR)

Grupo C

Manchester United(ING) 1×0 Bursaspor(TUR)
Rangers(ESC) 1×1 Valencia(ESP)

Grupo D

Barcelona(ESP) 2×0 Copenhagen(DIN)
Panathinaikos(GRE) 0x0 Rubin Kazan(RUS)

Grupo E

Bayern de Munique(ALE) 3×2 Cluj(ROM)
Roma(ITA) 1×3 Basel(SUI)

Grupo F

Spartak Moscou(RUS) 0x2 Chelsea(ING)
Olympique de Marseille(FRA) 1×0 Zilina(ESQ)

Grupo G

Real Madrid(ESP) 2×0 Milan(ITA)
Ajax(HOL) 1×0 Auxerre(FRA)

Grupo H

Arsenal(ING) 5×1 Shakthar Donetsk(UCR)
Braga(POR) 2×0 Partizan(SER)

Siga também no twitter: http://www.twitter.com/juniorlourenco

Advertisements

Fim do recesso

O Blog É Pênalti pede desculpas aos seus leitores pelo recesso de duas semanas. A partir de hoje, os posts voltam para abordar temas como a reta final do Brasileirão e também os campeonatos europeus.

Obrigado,

Junior Lourenço

Siga também no twitter: http://www.twitter.com/juniorlourenco

Árduas tarefas

Operação Mengão

O ano não tem sido fácil para o Flamengo. Demissão dos técnicos Andrade, Rogério Lourenço e recentemente, Silas. A crise política interna foi forte demais até para Zico, maior jogador da história do clube e que se lançou ao mundo dos dirigentes rubro-negros. O resultado em campo dificilmente seria diferente do que se vê hoje, com a equipe carioca lutando para permancer na primeira divisão.

Sem treinador gabaritado no comando fica difícil. Qual o encarregado para a tarefa? Luxemburgo, ele mesmo. Chega credenciado somente pelo seu vitorioso passado e não pelo seu titubeante presente. Luxa deixou o Atlético Mineiro em situação desesperadora, apesar de ter um bom elenco em mãos. Na saída, disse precisar de um tempo para se reciclar. Ao que tudo indica, o hiato entre sua despedida e o convite do Flamengo foi tempo suficiente.

Operação Galo

O Atlético Mineiro passa por situação ainda mais crítica, mesmo com os bons jogadores que o polêmico presidente do clube, Alexandre Kalil, conseguiu trazer. Contrariando o chavão que zela pela manutenção do treinador como a melhor opção, talvez Kalil tenha demorado demais para mudar.

Mas mudou.

E escolheu muito bem. Dorival Junior, um dos responsáveis pelo sucesso do Santos no primeiro semestre. Após a polêmica envolvendo Neymar e a diretoria do clube santista, Dorival mesmo demitido se manteve no patamar dos grandes treinadores da atualidade. A mudança já rendeu frutos, mais precisamente duas vitórias seguidas.

Difíceis missões tem Luxemburgo e Dorival nos próximos dois meses. Difíceis situações viveram essas torcidas durante todo o ano.

Siga também no twitter: http://www.twitter.com/juniorlourenco

Liga dos Campeões: segunda rodada

Rodada azulada!

A Internazionale fez 4 a 0 no Werder Bremen. Resultado importante para quem empatou com o Twente na estreia. Ainda mais importante pois a equipe atuou com imposição, ousadia e contou com noite inspirada de Samuel Eto’o, que marcou três gols. Além disso, o Chelsea venceu o Olympique de Marseille e pelo jeito se classificará em primeiro lugar sem maiores problemas.

Tradição não é sinônimo de técnica!

Em todas as rodadas, o grupo G proporcionará um duelo entre equipes tradicionais. Desta vez foi Ajax e Milan, em uma chave que ainda conta com Real Madrid. O resultado de 1 a 1 evidencia os problemas do Milan, que não conseguiu derrotar um limitadíssimo Ajax.

Zebra?

Sim, tivemos. O Rubin Kazan segurou o Barcelona em casa e arrancou um empate por 1 a 1. O líder do grupo H é o surpreendente Copenhagen, da Dinamarca.

Resultados

Grupo A

Internazionale(ITA) 4×0 Werder Bremen(ALE)
Tottenham(ING) 4×1 Twente(HOL)

Grupo B

Schalke 04(ALE) 2×0 Benfica(POR)
Hapoel Tel-Aviv(ISR) 1×3 Lyon(FRA)

Grupo C

Valencia(ESP) 0x1 Manchester United(ING)
Rangers(ESC) 1×0 Bursaspor(TUR)

Grupo D

Rubin Kazan(RUS) 1×1 Barcelona(ESP)
Panathinaikos(GRE) 0x2 Copenhagen(DIN)

Grupo E

Basel(SUI) 1×2 Bayern(ALE)
Roma(ITA) 2×1 Cluj(ROM)

Grupo F

Chelsea(ING) 2×0 Olympique Marseille(FRA)
Spartak Moscou(RUS) 3×0 Zilina(ESQ)

Grupo G

Auxerre(FRA) 0x1 Real Madrid (ESP)
Ajax(HOL) 1×1 Milan(ITA)

Grupo H

Partizan(SER) 1×3 Arsenal(ING)
Braga(POR) 0x3 Shaktar Donetsk(UCR)

Siga também no twitter: http://www.twitter.com/juniorlourenco